sábado , 26 maio 2018
Capa » Home » Conheça todas vantagens e aplicações do vidro acústico
Conheça todas vantagens e aplicações do vidro acústico

Conheça todas vantagens e aplicações do vidro acústico

Conhecido como vidro duplo insulado, mas com função acústica, material apresenta crescimento e pode oferecer benefícios a diversos projetos.

Para os moradores de grandes centros urbanos, os ruídos e sons externos podem gerar um incômodo considerável, principalmente durante a noite. Trânsito, música, animais e barulhos vindos de empresas são alguns dos exemplos mais comuns e que as pessoas tentam amenizar com vidros que possuem funções acústicas.

Diferente do que se pensa, não existe um vidro que ofereça única e exclusivamente o objetivo de isolamento acústico. De acordo com cada especificação e beneficiamento do material, o projeto pode ganhar outros benefícios. O vidro mais utilizado nestes casos, é o duplo insulado. Além da questão acústica, ele também oferece proteção térmica.

O vidro insulado é formado por duas ou três placas planas paralelas, separadas por um espaçador, com bordas hermeticamente seladas ao longo de todo seu perímetro, formando em seu interior uma câmara estanque e desidratada. Para receber a característica acústica e garantir a redução efetiva do ruído, o vidro pode ser duplo, laminado ou duplo e laminado, a fim de atenuar as vibrações produzidas na superfície dos vidros ao receber ondas sonoras. Além disto, o isolamento de ruídos depende principalmente da espessura das placas, da utilização de laminados, da qualidade dos caixilhos utilizados e de uma correta vedação.

Atualmente, não há no mercado placas com função de isolamento acústico prontas para venda. Os materiais são produzidos de acordo com a demanda do cliente e com o projeto do local. É necessária a consulta com um profissional de atenuação acústica, para que ele avalie o ambiente e, em conjunto com o arquiteto, realize a especificação correta.

“É muito importante escolher um  profissional para realizar a especificação, pois nem sempre a pessoa sabe exatamente qual ruído ela deseja inibir, se é o barulho do vizinho, do aeroporto ou do trânsito. Vale lembrar que o silêncio total pode incomodar ainda mais que o ruído, por isso essa avaliação deve considerar todos os fatores. O arquiteto deve sugerir esse técnico especializado para o sucesso total da obra, contando com a ajuda também do vidraceiro”, explica Leandro Gonçalves, gerente de projetos da Divinal. Devido a todos esses fatores, esse tipo de vidro só é vendido sob encomenda.

A Norma NBR 15575 ABNT:2013, da Associação Brasileira de Normas Técnicas, conhecida como Norma de Desempenho de Edificações Habitacionais, estabelece padrões mínimos de atenuação acústica nas residências. Esta regulamentação estabelece que, para ambientes sujeitos a ruído intenso de meios de transporte e de outras naturezas, o nível de desempenho acústico do vidro deverá ser de no mínimo 30 decibéis.

“Para que um vidro duplo realmente reduza a incidência de ruídos a níveis satisfatórios, as chapas devem apresentar espessuras diferentes para barrar as frequências variadas, além de serem bem grossas – quanto mais massa, maior o isolamento. Cada tipo de vidro possui um desempenho acústico que depende da lei da massa. Vidros finos atenuam frequências de som altas e vidros grossos atenuam frequências de som baixas. Por esta razão, combinar espessuras de vidros assimétricos pode aumentar o desempenho acústico do vidro”, complementa Giorgio Martorell, gerente de vendas da LiSEC.

A empresa, que é especialista na produção de vidros e componentes para função acústica, esclarece que existe três tipos de espaçadores utilizados para fabricação de vidro duplo: perfis de alumínio, espaçador flexível ou termoplástico. Os locais que mais utilizam vidros acústicos são escolas, universidades, hospitais, livrarias, hotéis, escritórios, estúdios de música e construções residenciais.

Outras aplicações

O vidro duplo também pode ser utilizado para o conforto térmico, tanto para refrescar quanto para isolar o calor interno. Devido às duas folhas de vidro e do caixilho central, a temperatura que vem de fora, ao passar pelo primeiro vidro, acaba perdendo força e ao encontrar o segundo vidro, se equilibra. Para melhorar a performance térmica, pode-se utilizar um vidro refletivo.  Em regiões mais frias, esta aplicação também é muito indicada, assim como em locais onde é necessário manter uma temperatura estável, como adegas e setores de refrigeração.

Outra vantagem do vidro duplo é a privacidade, pois ele também pode receber uma persiana interna entre os vidros. Esta técnica é mais utilizada em hospitais, clínicas e laboratórios, já que são silenciosas e não acumulam sujeira porque estão protegidas dentro do envidraçamento.

Gonçalves, da Divinal, conta que a escolha por esse tipo de vidro vem aumentando nos últimos anos, principalmente em projetos para residências de alto padrão, devido à proteção termoacústica e do valor agregado. “Eu indicaria que todos usassem o vidro duplo em suas residências, pois ele é resistente, bonito e traz diversos benefícios. Naturalmente é um vidro mais caro, por todos os componentes que necessita, mas, sem dúvida, é um ótimo investimento”, conclui o gerente de projetos da Divinal.

Estas e outras dicas relacionadas à arquitetura, design e aplicabilidade de vidro, você encontra na Glass South America, maior feira de vidros planos da América Latina. Para mais informações, acesse: www.glassexpo.com.br.

Artigo realizado por: Comunicação Glass South America

 Serviço

13ª edição da Glass South America
Data: 09 a 12 de maio de 2018
Horário: Dias 09 a 11 das 12h00 às 19h00 / Dia 12 das 10h00 às 17h00
Local: Rodovia dos Imigrantes, KM 1,5 – Cep: 04329-900 | São Paulo | Brasil

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*